Monday, May 27, 2024
InícioEsporteLe Coq sportif volta a lutar queda de braço com Samuel Eto'o

Le Coq sportif volta a lutar queda de braço com Samuel Eto'o

A curta passagem de Camarões pelo Campeonato Africano das Nações (Chan), na Argélia, onde foi eliminado na primeira fase, pode custar caro. Segundo as nossas informações, o Le Coq sportif deverá efetivamente, mais uma vez, intentar uma ação judicial contra a Fecafoot, após ter sido informado de que as suas roupas foram usadas, nos corredores, por membros da recusa dos Camarões. Durante as partidas, os Leões Indomáveis ​​​​usaram as roupas da empresa americana One All Sport.

Correio para Fecafoot

Marc-Henri Beausire o gerente geral da empresa francesa, apreendeu a Fecafoot pelo correio, lamentando que esta se conceda “a possibilidade de usar [leurs] equipamento a seu exigido. Seu líder, Samuel Eto’o, ainda não reagiu oficialmente. “Se a Le Coq sportif está a ponto de entrar com uma ação judicial, é porque tem um caso sólido. Posto isto, a federação recusa-se a responder a perguntas sobre este assunto”, explica a fonte próxima a este último.

A origem da saga jurídica remonta a julho do ano passado, quando a Fecafoot decidiu terminar unilateralmente o contrato que a vinculava à Le Coq sportif até 31 de dezembro de 2023, antes de anunciar que havia chegado a um acordo com a One All Sport, empresa sediada nos Estados Unidos. O fabricante do equipamento decidiu, então, levar o caso à Justiça.

Em 4 de novembro, o Tribunal Comercial de Paris decidiu a seu favor, ordenando a manutenção das relações contratuais entre as duas partes até o prazo inicial, decisão contestada em recurso pela Fecafoot. Para apaziguar, o Le Coq Sportif decidiu, durante a Copa do Mundo no Qatar, não contestar o uso de roupas com o logotipo One All Sport pelos jogadores camaroneses e sua equipe, confirmando que não deseja desistir. O ações judiciais.

RELATED ARTICLES

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Most Popular

Recent Comments